Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

© busy as a bee on a rainy day

e se, de repente, o respondemos a um how are you e só nós pescámos a piada (as abelhas não voam quando chove) e vêmos que é um título fantástico para um blogue! pois.. cá estou então!

© busy as a bee on a rainy day

09
Mai24

Desafio de Escrita 2024 | Um Conto a 12 Meses

Ana a Abelha

(CONTINUAÇÃO DA 1ª PARTE)

@ArthurBicyclette
ANA A ABELHA
25 Janeiro 2024

Diana continuou a passear lentamente sob os laivos de esperança, sentindo o contacto da planta dos pés com a terra. o sol brilhava, apesar de ser inverno. havia pouca gente na Quinta dos Lilazes. esperava Diogo que trazia o cachorro que tinham adoptado, para brincarem no relvado. viviam em frente ao portão principal do jardim, do outro lado da Alameda.

bom dia, amor! disse o namorado e beijaram os lábios um do outro. o rapaz soltou a trela ao cão e deixaram-no farejar tudo. o caminho de terra batida era o percurso favorito. Diogo deu a mão à namorada e perguntou: quantos velhinhos conversaram contigo hoje? "só uma" respondeu Diana com um sorriso no olhar e mostrou-lhe o cristal que lhe tinha sido oferecido.

essa velhinha disse-me "usa a fantasia. imagina coisas belas e positivas. se isso for difícil, conversa com a tua criança interior. conta-lhe o que estás a sentir." são sábios conselhos! eu sei, sorriu a rapariga. era exactamente o que precisava ouvir! lembras-te da conversa interna que tive há dias? perguntou Diogo. a namorada indagou: chegaste a alguma conclusão sobre quem era o outro interlocutor? sim! sorriu o rapaz. é o Tempo!

DESAFIO A QUERIDA LUÍSA

 

@GelberKnopf

 

máximo 200 palavras

duração: 2024 inteirinho
participar por iniciativa própria
ou nomeades por outro blogger

incluir link a este blog no vosso post para vos encontrar

respeitar o enredo que estiver a ser criado
podem participar mais do que uma vez,
mas a participação não pode ser consecutiva

lembrem-se: máximo 200 palavras. eis UM CONTADOR DE PALAVRAS

 

03
Jan24

Desafio de Escrita 2024 | Um Conto a 12 Meses

Ana a Abelha

@GelberKnopf

 

máximo 200 palavras

duração: 2024 inteirinho
participar por iniciativa própria
ou nomeades por outro blogger

incluir link a este blog no vosso post para vos encontrar

respeitar o enredo que estiver a ser criado
podem participar mais do que uma vez,
mas a participação não pode ser consecutiva

lembrem-se: máximo 200 palavras. eis UM CONTADOR DE PALAVRAS

 

@ArthurBicyclette
ANA A ABELHA
3 Janeiro 2024

 

que bom! há muito que estava à tua espera, diz a velhinha. 

fiquei estupefacte. ela riu! conheço as tuas cores, explicou. ofereço-te um ano novo para criares a teu belo prazer. deixa o mundo nos noticiários, aqui usa a fantasia. imagina coisas belas e positivas. se isso for difícil, conversa com a tua criança interior. conta-lhe o que estás a sentir.  

porque é que nos ofereces um ano novo inteirinho?  

porque eu sou o ano velho e gostava que reunissem o máximo de pessoas para criarem um espaço em que o ano novo é positivo e feliz. pode parecer insignificante, acredita que não é. vai fazer diferença na consciência colectiva. vão ouvir o coração. 

era uma vez uma floresta de plátanos anciões. no verão a sombra era fresca. havia sempre uma aragem. as folhas e os ramos agitavam-se de alegria, celebrando-nos. das dezenas de ninhos das pombas caía a penugem dos bebés, lembrando asas de anjos.  

andava a passear lentamente quando a velhinha caminhou ao meu lado e entregou-me um cristal dourado com o brilho brincalhão do olhar do ano novo. sorrimo-nos mutuamente. era o ano velho que vinha descansar no espírito das árvores.

DESAFIO O MAGO JOÃO-AFONSO!

ezgif.com-resize (53)Mago-Joao-Afonso.gif
JOÃO-AFONSO MACHADO
10 Janeiro 2024

 

O Ano Velho sentou cansado sob a coberta de uma cameleira. Muito consciente, o seu tempo chegara ao fim, assim confortado na humidade verde. E fria! - algo já não ferindo os seus ossos. Enquanto o Ano Novo bosquejava por ali, solto em grande fulgor. (Os Anos são a única dinastia que até ao fim do mundo reinará sempre...)

Acomodado, imune aos rigores de Janeiro, de predestinado repouso, o Ano Velho assistia resignadamente ao quebrar das suas pálpebras, era o que era, como veio como iria. E nesse sereno declínio ouviu ainda o gorjeio de um pisco em ramagem próxima das camélias da sua derradeira visão. Por um instante reagiu à sonolência. 

Sorriu-lhe aquela coloração dos poentes da sua meia-idade, que falava cantando: - Sossega Ano Velho. Goza a memória tua, o legado que deixaste ao rapaz. E alegra-te com a alegria que dele transborda.

O jardim confirmava. O Ano Novo saltava de canteiro em canteiro, brincava forçando os dedos nos picos das roseiras podadas. Estacou na espessura dos arbustos onde as toutinegras melodiavam sem parança. No fontenário regou-se para uma vida toda, a sua. O tempo lhe diria acerca dos sucessivos estágios dela.

Era talvez a primeira manhã. Fria mas solarenga. No ar, as pombas do pombal, casa certa, parceiras do seu ciclo. Restava-lhe cumprir o trajecto dos segundos aos semestres. Contudo, antes de o iniciar, não esqueceu alisar as alvas longas barbas do Ano Velho, que para sempre dormia já.

DESAFIO O OMNIPRESENTE JOSÉ

ezgif.com-resize (53)Mago-Joao-Afonso.gif
JOSÉ SILVA COSTA
15 Janeiro 2024 

 

O moço, irreverente, disse adeus ao velho de barbas brancas

Saltou de contente, por ver tanta gente a ovacioná-lo, a dizer Bem-vindo, Feliz Ano Novo, Próspero Ano Novo, Bom 2024, e enquanto isto, beijavam-se, abraçavam-se, bebiam champanhe, comiam passas, acompanhadas pelos seus desejos

Estavam muito felizes, como se ele fosse o salvador, como se tivesse poder para satisfazer todos os seus pedidos, todos os seus desejos, ouviam música, continuavam a rejubilar com o fogo-de-artifício, dançavam.

O jovem moço estava atónico com tanta alegria, com tanta esperança, mas não podia perder mais tempo, tinha os dias contados, não sabia  como satisfazer o que tinham pedido ao comerem as  passas

Estava tão cansado e preocupado, que decidiu descansar, deitou-se junto a uma florida cameleira, um rouxinol cantou uma bonita melodia, quando acordou, já o sol beijava o Ano  Novo e o seu primeiro dia

O frio estava a chegar, no início era sempre assim: ou chovia ou fazia frio. O que fazia com que toda a gente ficasse muito contente

Ainda puxou pela cabeça, numa tentativa mágica, para descobrir uma maneira de que todos os dias fossem de festa e alegria, Mas não lhe ocorreu nada. Um bom ano!

DESAFIO O ILUSIONISTA JOSÉ DA XÃ
já conhecem os Felícios? hilariante!

ezgif.com-resize (53)Mago-Joao-Afonso.gifJOSÉ DA XÃ
19 Janeiro 2024  

O jovem Ano Novo dormia após uma noite de alegria. Ainda chegou a tempo de alisar as alvas longas barbas do Ano Velho, que para sempre dormia já e por isso não lhe colocou a questão que tanto o atormentava agora que era o Ano mais novo: como é envelhecer em 366 dias?

Uma voz entrou na sua cabeça zoando:

- Tu até tens sorte vives mais um dia que os outros…

- Quem está aí?

A voz respondeu com uma invulgar doçura:

- Estarás a falar de mim?

- Sim esta conversa… eu estou a escutá-la dentro de mim…

Pela primeira vez o Ano Novo teve medo. As mãos suaram, a pele eriçara-se, o coração batera acelerado.

- Não temas que eu não te farei mal. Só quero o teu bem…

O ainda infante Ano Novo acalmou por fim, mas não se sentia ainda descansado e por isso decidiu:

- Vou procurar espalhar todos os dias uma semente de vida recheada de ternura, compaixão e alegria, pelos céus do Universo.

Na manhã seguinte todo o Mundo se admirou com o que caía do céu… Não era neve, nem folhas secas das árvores, nem algodão… apenas singelos laivos de esperança!

(CONTINUA..)

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim

foto do autor

arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

os nossos contos

Contos de Natal | 2022 Contos de Natal | 2021