Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

© busy as a bee on a rainy day

e se, de repente, o respondemos a um how are you e só nós pescámos a piada (as abelhas não voam quando chove) e vêmos que é um título fantástico para um blogue! pois.. cá estou então!

© busy as a bee on a rainy day

18
Jun20

nascimentos e aniversários

Ana de Deus

magia

 

quando eu nasci ocorreu um fenómeno inexplicável. a minha mãe deu entrada na maternidade no dia 29 de Maio, mas nos registos está escrito Abril. e, por lapso, na certidão de nascimento está escrito Junho. como tal nós as duas sempre celebrámos dois aniversários. Maio e Junho. o dia é sempre 29. e o ano é sempre 1970. a malta na altura só não sabia bem em que mês estava. 

16
Jun20

este blog celebra hoje um ano de existência

Ana de Deus

manifesto

 

© Manifesto desta Abelha

 

AMO

os artistas, os magos, os alquimistas.

a inocência nas crianças grandes.

a sabedoria das crianças pequenas.

 

ACREDITO

que nada acontece por acaso.

que as relações têm alma.

que tu e eu somos eternas.

 

GARANTO

sonhar acordada.

recriar os dias felizes.

reinventar a alegria.

 

PROMETO

dar o meu todo.

ser quem nasci para ser.

cozinhar escrita criativa.

 

CONVIDO

a apreciar. a partilhar.

sozinha vou mais depressa.

unidas chegamos mais longe.

01
Mai20

hoje começa o mês do meu nascimento

Ana de Deus

1 de Maio de 2020

 

Maio era sempre um dos meses em que eu rendia menos na escola. a emoção e a expectativa do meu aniversário deixavam-me alheada do resto. o outro mês era Dezembro. digo 'era' porque agora não há a mesma magia. na Universidade era como se estivesse enfeitiçada com a alegria de reunir a minha família no final do mês e a expectativa deixava-me nas núvens. mas era uma chatice pois era altura de exames. este ano só peço saúde para todos.

28
Abr20

hoje a minha companheira de vida faz dezassete anos

Ana de Deus

28 de Abril de 2003
© ANA DE DEUS | KUKI 2020

vivemos juntas desde que ela tinha sete semanas.

quando a gata da minha irmã ficou prenha eu disse que ficava com uma fêmea das crias, pois sempre tivemos dificuldade em encontrar casa para as gatinhas. e nasceram quatro filhotes. três machos e uma fêmea. não havia como errar.  estávamos destinadas uma à outra. ela é um anjo que eu posso abraçar, dar turrinhas e afagar.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim

foto do autor

arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

os nossos contos

Contos de Natal | 2022 Contos de Natal | 2021