Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

© busy as a bee on a rainy day

e se, de repente, o respondemos a um how are you e só nós pescámos a piada (as abelhas não voam quando chove) e vêmos que é um título fantástico para um blogue! pois.. cá estou então!

07
Ago23

o Ministério do Rocambolesco - Capítulo XVI

Ana a Abelha

o Ministério do Rocambolesco

o  mi.nis..rio  do  ro.cam.bo.les.co

(capítulo XV)

Sparrow notou algo no tom de Alice, como quem se esquece que estava a rir e a voz fica suspensa. "diz" - "gostava de rever a parte do funeral dos meus pais em que pude conversar com a minha família" - Lady acedeu e surpreendeu-a: "vamos pelo elevador, para perturbarmos o menos possível o banho de Beaver." era um elevador todo em madeira, espaçoso e com bancos como o elevador de Stª Justa, em Lisboa. quando passaram pelo apartamento de Sir este gritou: "Sparrow?" e esta respondeu: "vamos para o sótão!" - a amiga acrescentou: "não valeu de nada a discrição" e sorriram uma à outra, divertidas. a princesa confessou: "adoro este elevador!" Lady concordou e piscou-lhe o olho: "há outro igual do outro lado da casa!" Alice ficou radiante e disse: "que bom que restauraram estas preciosidades." chegadas ao sótão, a princesa acendeu a lareira enquanto Lady preparava o ecrã e procurava a parte em que a família se reunira. Alice sentou-se com um bloco de notas e um lápis. "o que procuras nestas filmagens!" surpreendeu-se a amiga. "o assassino dos meus pais" escreveu a princesa numa folha que fez questão de arder nas labaredas até quase queimar os dedos. sentou-se de pernas cruzadas na chaise longue, pousou o bloco e o lápis e ficou como hipnotizada, observando as reações de todos os que surgiam nas imagens. Sir veio juntar-se a elas no sótão e percebeu logo o que se passava. sentou-se no chão virado para Alice, enquanto comia o seu almoço tardiu, ela nem reagiu e ele escreveu no bloco: "Richard e Owl estão em perigo?" a princesa olhou-o nos olhos e ambos perceberam que o outro já sabia quem era o assassino. ela escreveu no bloco: "não. se não fizermos nada até eles voltarem" e disse em voz alta: "vou pedir ao meu irmão para presentear Luke, o meu antigo guarda-costas, com uma bolsa para vir estudar em Inglaterra, ele vai adorar e merece-o sem sombra de dúvida!" dez minutos mais tarde tocou o telefone, Sir puxou a chamada para o sótão e era o irmão da jovem a sugerir-lhe o que ela acabara de dizer. ela sorria de pura alegria e agradeceu radiante pelo gesto magnânimo do rei. "digno de um óscar!" rabiscou Beaver quando ela desligou. a princesa chorava em silêncio. "devo ter uma escuta comigo!" escreveu. tirou o pingente que tinha ao pescoço. pousou, no granito da lareira, o anel com um diamante generoso que o irmão lhe oferecera quando ela celebrara a maioridade. colocou o pingente na pedra e pisou-o com força, estilhaçando-o. de imediato o diamante explodiu e ficaram sem sinal wifi em toda a casa. houve alarmes, dos carros estacionados na rua, que começaram a tocar. "fizeste reset de tudo!?" espantou-se Sir. Alice confirmou dizendo que sim com a cabeça e acrescentou: "vamos para a cozinha, vai haver um apagão num raio de dez quilómetros." Sparrow explicou-lhe que de momento era impossível: "não temos acesso a nada até o restart da casa terminar. é uma verdadeira caixa forte, ninguém entra e ninguém sai. temos a luz da lareira e marshmallows." a princesa exclamou: "e Jeremias!?" Sir acalmou-a: "ele andava a miar na cozinha, quando fui buscar sopa, e trouxe-o comigo." aliviada, Alice recebeu o gato nos braços e ele começou logo a ronronar.

(capítulo XVII)


texto no âmbito do desafio o Ministério do Rocambolesco

@annaliserauchenberger

TAMBÉM NESTA AVENTURA

 

 

OBSERVAÇÃO: O DESAFIO ESTÁ ABERTO A TODOS OS BLOGGERS.

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim

foto do autor

arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D

os nossos contos

Contos de Natal | 2022 Contos de Natal | 2021