Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

© busy as a bee on a rainy day

e se, de repente, o respondemos a um how are you e só nós pescámos a piada (as abelhas não voam quando chove) e vêmos que é um título fantástico para um blogue! pois.. cá estou então!

21
Mai21

Desafio de escrita 3.0 - Tema 2

Ana de Deus

o desafio dos pássaros - tema dois


o vestido de Francisca, quando entrou de braço dado com o pai, no caminho de pétalas que a levava até David, deu origem ao tititi que tirava as avós do sério. cada uma na sua ala, do noivo e da noiva, viraram-se para trás e tossiram um: caaaladaaass! passou a só se ouvir a marcha nupcial e os passarinhos.

os noivos estavam felizes e muito bem-dispostos. tinham convencido os pais e os avós todos a aprender a dançar o tango. a química entre os jovens tinha deixado as avós orgulhosas. ensaiaram em família durante a última semana antes da boda. Francisca e David tinham os corpos perfeitos de bailarinos profissionais.

sabendo o porquê da racha do vestido as avós sentiam-se vaidosas por terem sido incluídas no segredo e por se sentirem capazes de também fazer boa figura. o baile acabou por ser um sucesso. o casamento foi recordado durante muito tempo, e serviu de referência para os que lhe seguiram.

de volta à cidade os recém-casados revelaram que estavam a comprar uma casa há alguns meses, apesar de terem continuado a viver com os pais. eram um primor de filhos, diziam as avós. combinaram encontrar-se à saída do metro da Alameda, as obras de remodelação da casa tinham acabado, precisava de ser limpa e, finalmente, mobilada.

os avós tinham vindo de taxi, que já não tinham idade para descer e subir tanta escadaria. Francisca deu indicação ao motorista para os deixar na esplanada da gelataria na Guerra Junqueiro. os pais não queriam crer, desde criança que a filha dizia que um dia teria dinheiro para viver naquela rua que tanto a encantava.

David só queria viver com ela, era-lhe indiferente onde, mas não resistiu ao entusiasmo da sua amada. estavam ambos felizes com a escolha e o resultado. os avós tinham se sentado na esplanada a saborear um gelado. vêem! exclamou a jovem, mesmo quem não nos encontrar em casa pode deliciar-se nesta esplanada.

tinham comprado a penthouse num prédio com três andares, sem elevador. os avós suspiraram para ganhar alento. quando finalmente entraram na casa dos netos, já eles tinham ido buscar cadeiras ao terraço. os homens da família disponibilizaram-se para carregar o que fosse necessário.

os pombinhos tiraram duas semanas de férias para tornar a casa habitável e optaram por adiar a lua-de-mel para o Inverno. queriam neve. as mães riram: quase todos querem praias paradisíacas e vocês querem frio. por falar em carregar coisas, disse o filho, preciso de ajuda para trazer um fogão ofertado à última da hora.

Francisca ficaria em casa para receber as entregas e David ia com o pai e o sogro buscar o que estava fora da remessa. no dia seguinte, a recém-casada ligou aflita: amor! afinal havia outro (cabra, murmurou o sogro).. fogão! o filho e o compadre fulminaram-no com o olhar. encolheu-se todo e corou até às orelhas.

texto no âmbito do desafio dos pássaros.
DESAFIO: afinal havia outro.. fogão.

(continua)

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

18 comentários

comentar post

mais sobre mim

foto do autor

arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D

os nossos contos

Contos de Natal | 2022 Contos de Natal | 2021