Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

© busy as a bee on a rainy day

e se, de repente, o respondemos a um how are you e só nós pescámos a piada (as abelhas não voam quando chove) e vêmos que é um título fantástico para um blogue! pois.. cá estou então!

22
Set21

Desafio Arte e Inspiração | Semana 2

Ana de Deus

Stary night por Vincent Van Gogh© Starry night por Vincent Van Gogh

assinatura de Van Gogh

(continuação)

no segundo dia em Nova Iorque, Francisca e David visitaram o MoMA para apreciar a profundidade do Starry night pintado por Vincent Van Gogh em 1889. a tela faz parte da coleção permanente do Museu de Arte Moderna de Nova Iorque desde 1941. a obra retrata a vista da janela de um quarto do hospício de Saint-Rémy-de-Provence, pouco antes do nascer do sol, com a adição de um vilarejo idealizado pelo artista. é considerada uma das mais famosas pinturas de Van Gogh e uma das mais icónicas da arte ocidental.

o ano em que Van Gogh pintou o Starry night ficou marcado pela exposição universal em Paris que foi uma inspiração para o nacionalismo francês e para as futuras exposições. apesar das inovações em diversas áreas como a engenharia mecânica, elétrica, de alimentos e horticultura, foi na música que a exposição francesa se sobressaiu das anteriores, com inúmeros concertos tanto de música nacional quanto estrangeira. David quis surpreender Francisca com um concerto dedicado a Maurice Ravel, em Central Park, ao entardecer.

tinha sido a dançar o Bolero de Ravel que se tinham conhecido. havia uma pequena pista de dança que ninguém tinha coragem de estrear, mas David e Francisca não resistiram. eram tão bons que tornaram-se parte integrante do espectáculo. o resto da plateia estava fascinada a vê-los dançar. quem os viu dizia que era como se estivessem vestidos a rigor, de tão profissionais que eram. no entanto, estavam de ténis. David vestia calções e Francisca um vestido solto e comprido. tinham hoodies para a noite, mas o dia estava ameno.

quando a orquestra terminou, os músicos levantaram-se e aplaudiram os bailarinos. estes tinham estado tão entregues à dança que foram apanhados de surpresa. agradeceram espantados e voltaram para os seus lugares, onde permaneceram de pé a aplaudir o maestro e os músicos. neste entremeio descobriram os seus anfitriões do outro lado da plateia. no final do espetáculo reuniram-se e decidiram jantar em Chinatown, na Lower Manhattan. Francisca tinha saudades de comer sticky rice. os donos do sótão estavam fascinados com o bolero dos dois.

em Portugal, Mariana brincava na praia da Ilha do Pessegueiro. o sol agraciava os compadres. enquanto os dias lhes permitissem, tencionavam aproveitar para viajar com a neta. no ano seguinte esta começava o ensino básico, era o último ano que podiam cometer estas loucuras espontâneas e prazerosas. junto com a autocaravana, tinham alugado quatro bicicletas. uma destas apetrechada com uma cadeira fixa, para a Mariana acompanhar os avós durante o exercício matinal, com a maratona de Lisboa a 17 de Outubro em mente.

à hora de deitar da filha, oito da noite em Portugal, Francisca e David estão sempre do outro lado da linha. mesmo sendo uma da manhã em Nova Iorque. optaram por manter esta rotina, para Mariana ir para a cama com uma história contada pelos pais. os progenitores dormem uma sesta sempre que se proporciona. não ficam acordados até à uma de propósito. até porque às seis da manhã saem para correr uma hora num sentido e outra hora de volta a casa, para ajudarem os anfitriões com o pequeno-almoço. hoje Francisca trouxe-lhes um bonsai.

texto no âmbito do desafio arte e inspiração criado por Fátima Bento.
PARTICIPANTES:
Ana Mestrebii yueBrunoCéliaCharneca Em FlorCristina AveiroFátima Bentoimsilva.

(continua)

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

28 comentários

comentar post

mais sobre mim

foto do autor

arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

wook vais ler a seguir?

Toshikazu Kawaguchi Henry David Thoreau

a livraria mais antiga do mundo, desde 1732