Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

© busy as a bee on a rainy day

e se, de repente, o respondemos a um how are you e só nós pescámos a piada (as abelhas não voam quando chove) e vêmos que é um título fantástico para um blogue! pois.. cá estou então!

© busy as a bee on a rainy day

30
Jul21

Desafio de escrita 3.0 - Tema 7

Ana de Deus

desafio dos pássaros

 

quando Francisca voltou para o terraço a amamentar Mariana, perguntou aos bisavós se eram capazes de identificar essa assistente a um agente da polícia judiciária. eles disseram que sim, pois confiavam mais na neta do que numa notícia online. no dia seguinte, a jovem apareceu no centro de dia para os avós puderem apresentar a bisneta aos amigos e indicar com o olhar quem era a assistente em causa. o anão Pedro era da judiciária e, com toda a sua equipa, entrou no centro de dia com um mandato para revistar tudo. Francisca confirmou quem era a assistente e eles levaram-na para interrogatório. esta nunca soube quem a tinha denunciado. os avós compreenderam-no e deixaram de ter medo. Mariana ria com as palhaçadas dos adultos e alegrou o dia a todos.

após deixarem a filha com as comadres, Francisca e David reuniram-se com Pedro e Vânia na esplanada da Mexicana, na Praça de Londres. enquanto não eram servidos mantiveram sempre as máscaras de protecção contra o coronavírus. numa mesa atrás a conversa azedava entre um negacionista, um padre e Gustavo Santos. só o padre tinha máscara. o negacionista, defendia que era tudo uma cabala das grandes farmacêuticas para venderem vacinas placebo. o padre, que já tinha realizado muitos funerais, defendia que era o Senhor a lembrar-nos o quanto a vida é preciosa. Gustavo Santos, defendia que com o poder da mente ninguém adoece e os doentes podem curar-se. o negacionista dizia que ninguém adoece pois a Covid-19 é uma ilusão.

o padre, aflito perante a blasfémia, dizia que só o Senhor escolhe quem vive e quem morre. já a perder a compostura o pároco perguntou ao negacionista como é que podia acreditar que a pandemia era uma cabala, quando o próprio presidente do movimento morreu com o coronavírus! noutras mesas começaram a opinar sobre qual deles tinha razão e aí Francisca levantou-se e convidou Pedro e Vânia para conversarem em casa dela e de David. outras mesas seguiram-lhe o exemplo e só ficaram na esplanada os acesos interlocutores e os apoiantes dos três pontos de vista. o gerente da pastelaria teve de chamar a polícia para os expulsar dali. os negacionistas desrespeitaram as regras de segurança e foram presos.

a paz da caminhada inspirou Pedro para os convidar a meio do passeio para o seu casamento com Vânia. a cerimónia seria a meio da tarde ao ar livre, mas era obrigatório apresentarem os testes negativos. o que tinham de fazer naquele dia e quatorze dias depois, no dia da festa. os convites eram duas caixas branco pérola com os testes lá dentro, os amigos abraçaram-nos. os noivos retribuiram e despediram-se pois ainda tinham caixas por entregar. Mariana dormiu durante a sagração do matrimónio. os amigos das danças de salão estava em peso, do lado do noivo. do lado da noiva havia menos músculos do que David antecipara. o casamento do anão Pedro com a culturista Vânia foi um dos mais felizes de sempre. a alegria dos noivos era contagiante.

 

texto no âmbito do desafio dos pássaros.
DESAFIO: um negacionista, um padre e o Gustavo Santos entram num bar...
PARTICIPANTES 3.0 - AQUI

(continuação)
(capítulo 1)

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pág. 1/3

mais sobre mim

foto do autor

arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D

wook vais ler a seguir?

Toshikazu Kawaguchi Henry David Thoreau

a livraria mais antiga do mundo, desde 1732