Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

busy as a bee on a rainy day

escrevendo ao sabor da corrente..

01
Jun20

desafio: descreve o teu rosto em cem palavras

Ana de Deus

desafio: descreve o teu rosto em cem palavras

 

hoje desafio-vos a descrever o vosso rosto sem imagens, apenas por palavras,
no máximo, 100 palavras. usa a tag: o meu rosto em cem palavras, para ser mais simples encontrarmo-nos.

NOTA: este desafio teve início a 1 de Junho de 2020 e será deixado a vogar pela blogosfera
para todos os que lhe quiserem dar continuidade.

IMPORTANTE: publica o link deste post, para quem nos lê ter acesso a todos os retratos.
eis o início do nosso albúm de palavras.. Gotas de Sol desafio-te a descreveres o teu rosto. mesmo quem não é desafiado formalmente, pode entrar no desafio..

RETRATO DE ANA DE DEUS

segundo a opinião de mulheres e homens mais atentos, tenho os olhos muito bonitos pois parecem castanhos mas ficam verde azeitona quando a luz lhes incide. as minhas sobrancelhas são espessas, sou pestanuda e o meu nariz é um pouco arrebitado. o lado esquerdo do meu rosto tem sardas e o direito não. a minha mãe diz que sorrio com os olhos. há três anos que uso óculos para ler as letras miudinhas.

31
Mai20

LOOOoooOOOL

Ana de Deus

o despertador tocou e eu acendi o candeeiro. e pronto. no meu estado ensonado havia a convicção de que acender o candeeiro desligava o despertador. é por estas e por outras que já tenho o despertador do outro lado do quarto, para ter de me levantar e subsequentemente acordar e tomar a medicação.

30
Mai20

quem tem doenças do foro mental não tem direito a férias.

Ana de Deus

saída da casca

 

como disse num dos primeiros postais neste blogue, tenho uma desordem esquizoafectiva e tenho uma reforma, por invalidez absoluta, inferior ao salário mínimo. vivo com a minha mãe que faz este ano setenta e cinco lindos anos. quando entrámos em estado de emergência, a minha mãe decretou distanciamento social cá em casa. deixámos de nos abraçar e beijar e passámos a conversar à distância ou por telemóvel. frente a frente, cada uma de nós abraça-se a si própria e enviamos beijinhos pelo ar. ontem celebrei cinquenta anos de vida e a minha mãe decidiu que íamos almoçar fora. acordei às seis, tomei um duche de água morna que o dia prometia ser quente. estava a pentear o cabelo molhado, olhei para os meus olhos e senti-me vazia. ontem de manhã escrevi à minha psiquiatra e disse-lhe que fazia anos e que me sentira vazia. hoje tinha a resposta dela na caixa de mensagens e ela disse-me que não estou vazia, tenho recuperado autonomia, e trabalho sem direito a férias. nunca tinha pensado nisso. quem tem doenças do foro mental não tem direito a férias! mas tive um dos melhores aniversários da minha vida.